Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

quinta-feira, 20 de junho de 2013

NÃO TENHO MAIS CONDIÇÕES EMOCIONAIS DE TRABALHAR NO TRIBUNAL




Não tenho mais condições emocionais de trabalhar no Tribunal.

Sou muito impulsivo, vou de zero a cem, mais rápido que uma Ferrari.

Sou o adversário que todo inimigo procura, pois, perco sempre a razão com meu descontrole.

Infelizmente, não tenho nenhum talento, nem sei fazer nada que me sustente financeiramente.

Vou ter que continuar sendo um mercenário do Tribunal.

Sonho com a data da minha aposentadoria, quando terei oportunidade de fazer apenas o que gosto de verdade, coisas me dão prazer, inclusive mais sexo kkkkkkkkkkkkk

Além de um ambiente esnobe, que se intensificou após as nossas melhorias salariais, nos governos Lula, principalmente, e Dilma, que permitem que qualquer um faça uma viagem ao exterior, para desespero de Danuza Leão. (1)

A chegada dos concursados de 2005 também contribuiu para a mudança de ambiente, uma elite pra lá de boçal, me desculpem os que são exceções, pois ainda não tive o prazer de conhecê-los.

80% dos servidores da casa, ou mais, são reacionários de direita ou fundamentalistas religiosos, estes em menor percentual, acho, sejam católicos ou protestantes.

Nesta porcentagem, incluo tanto os servidores que entraram sem concurso, os do “concurso” de 1983, e os demais que se seguiram.

Como alguém em sã consciência pode justificar a pregação de ódio do Marcos Feliciano? (2)

Aliado de uma figura nefasta como Jair Bolsonaro. (3)

Hoje eu sou ateu, mas já fui religioso, e cria piamente na existência de um Deus, mas como diz Giuseppe Staccone, teólogo ligado a Teologia da Libertação, “um Deus de amor pleno”, não um deus de ódio, segregador.

Essa lógica de apoiar qualquer um só por que é evangélico, entendo eu, é um suicídio, pois os bons religiosos, (4) sejam evangélicos, católicos ou umbandistas, etc., nunca aparecem na mídia, e serão sempre ofuscados pelos fundamentalistas.

Eu, por exemplo, sou Auditor, ou melhor, estou Auditor, e não simpatizo com a Associação dos mesmos.

Sinto-me honrado em ter sido o primeiro servidor da Casa a se manifestar, publicamente, contra a sua criação, via email ao ControleExternoL.

Muitos colegas deixaram de falar comigo, mas acho que isto foi um ganho na minha qualidade de vida.

Segundo uma fonte, os Auditores se dividem em duas correntes, uma que me acha um “traíra” e, outra, que a minha visão, ou leitura, sobre a matéria, unificação de cargos, está equivocada.

Simpatizo mais com a corrente que me acha um “traíra”.

Vejo a “Auditores” como uma nova casta, uma elite privilegiada, e estou farto das elites.

Mas, infelizmente, vejo técnicos aliados a auditores se unirem para me criticar.

Estou sofrendo uma “espécie” de perseguição, onde os autores são auditores e técnicos, infelizmente não posso falar mais sobre isto, no momento, por que não tenho como provar.

Posso ser processado.

Tenho medo de ser agredido fisicamente.

Mas assim que puder entro em detalhes com vocês.

Vejo em todo o Tribunal servidores que não produzem nada.

Na minha sala mesmo tem um, e ninguém os incomoda, não há nenhuma cobrança, muito menos inquérito administrativo.

Os gerentes ou chefes se acovardam ou são omissos.

Não entendo como alguém que ganha R$ 15.000,00 líquidos não tem nenhuma dor na consciência de não fazer o mínimo das suas obrigações, e mais, pela sociedade.

Por isso me sinto muito triste e desanimado.

Sempre fui um servidor exemplar, sem falsa modéstia, acho que este foi o meu grande erro hehehehe

Outro “erro” foi ser o inocente útil em determinadas ocasiões, ou melhor, o imbecil útil, como diz Bertolt Brecht, mas, sem tirar nenhum proveito pessoal disto, do que também me orgulho.

Apesar de tudo, não me arrependo de nenhuma bandeira que levantei, se o fiz foi por que vi ali A Justiça.

Por fim, consegui tirar 45 dias de férias interrompidas, exercícios 2005, 2006 e 2007.
Espero voltar com bateria nova e mais calmo.

Peço desculpas pelo desabafo.

Não tenho muitos amigos no Tribunal, então sobrou pra vocês rsrsrsrsrs

Dias melhores virão, ou não, como diz Caetano.

Abraços,

Itárcio Ferreira
Poeta, comunista, ateu, alcoólatra e deficiente físico.


(1)O sofrimento de Danuza Leão:
(2)Vejam algumas frases de enviado de Deus: http://www.frasesfamosas.com.br/de/jair-bolsonaro.html
(3)Vejam algumas frases do grande democrata: http://www.frasesfamosas.com.br/de/jair-bolsonaro.html
(4)Teólogo sugere que evangélicos ignorem os homossexuais para poderem se preocupar com “temas mais importantes”: http://noticias.gospelmais.com.br/teologo-sugere-que-evangelicos-ignorem-os-homossexuais-para-poderem-se-preocupar-com-temas-mais-importantes.html