Aos Mestres, com carinho!

Aos Mestres, com carinho!
Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Mendes Campos

quarta-feira, 26 de junho de 2013

TODO AQUELE QUE FOR INIMIGO DO MEU INIMIGO, SERÁ MEU AMIGO



(*)


Meus inimigos são os EUA, Israel, Europa Ocidental (principalmente, Inglaterra, França e Alemanha) e a OTAN, todos eles já invadiram e invadem ainda vários países.

Atualmente, além dos assassinatos cometidos diariamente pelos EUA, através dos seus Drones; do genocídio comentido por Israel, há mais de 60 anos contra povo Palestino, existe uma nova matança. 


A França invadiu o Mali, um pobre país da África. Lá estava havendo uma divisão do país entre norte e sul, e isto não é visto com bons olhos pelos ocidentais.


No Mali, três grupos lutam pela divisão e pelo poder, todos Mulçumanos, mas bastante diferentes na essência.


O Norte do Mali é dominado pelo maior dos grupos, eles são democratas, NÃO aceitam a xaria como lei, e governam esta parte do país, como os europeus governavam, e que agora estão falidos de mentirinha, ou seja, querem criar um estado do bem estar social.


O Sul do Mali é governado por um ditador colocado no poder pelos EUA, além de ditador ele contrabandeia pedras preciosas e outros metais preciosos para a indústria ocidental, etc., isto é, o cara é um bandido.  

Eles estão em guerra civil contra o terceiro grupo que é composto por mulçumanos fundamentalistas que aplicam a xaria como lei, isto é, fanáticos fundamentalistas doidos por sangue e carnificina.


Pois bem, a França invadiu o país para acabar com esta “bagunça” a mando dos EUA e da OTAN.


A grande imprensa divulgou algo? Claro que não, pois no Brasil existe censura de informações, censura esta feita pelos próprios grupos da mídia conservadora, Globo, Veja, Folha de São Paulo, etc.


Qual grupo ou grupos a grande França democrata foi combater?


Claro que foi combater o melhor e mais democrata deles, os mulçumanos do norte, pois são nacionalistas, e é muito mais difícil explorar as riquezas do país com eles no poder.


Preferem com certeza o ditador; e, em segundo lugar os fanáticos, mas de maneira nenhum o grupo democrata.


Por isso EUA/Israel/OTAN/Europa Ocidental são meus inimigos e qualquer um que os cobatam serão meus amigos.


Mas sou muito pessimista em relação ao futuro da humanidade, acredito que tudo vai piorar, pois os EUA podem tudo, têm dinheiro em abundância e armas que podem destruir o planeta várias vezes, ninguém pode enfrentá-los, talvez só daqui a uns 200/300 anos, se surgir algo novo, um novo paradigma que transforme a espécie humana em algo que preste. 

É triste. Vou tomar os meus cachetes para depressão, pois, infelizmente, não posso encher a cara, para aguentar viver neste planeta.


Espero, para breve, como diz o poeta, “um infarto libertador”.


(Itárcio Ferreira)


(*) Charge de Latuff